“O Minigolfe não é um desporto caro” – Ananias Quintano

©Nova Gente

Em entrevista à Nova Gente, Ananias Quinta, presidente da Federação Portuguesa de Miningolfe (FPM) esclareceu que a modalidade “não é um desporto caro”.

Para o presidente da FPM, depende das pistas e do sistema que se está a jogar Minigolfe, mas é possível jogar-se com “um taco e meia dúzia de bolas e não são caras”.

Segundo o próprio os princípios gerais do Minigolfe são semelhantes aos do golfe, mas existem algumas diferenças. Ananias Quintano explicou que quem joga Minigolfe mais “facilmente” joga golfe do que o contrário. “Está uma coisa ligada à outra, embora não estejam muito relacionadas”, elucidou.