Antigo campo de minigolfe de Vizela vítima de vandalismo

©Rádio Vizela

Área tinha sido recentemente intervencionada pela Vizelgolfe.

O terreno encontra-se concessionado à Turvizela, mas o responsável da empresa, Paulo Pinheiro, diz pouco poder fazer em relação a este ato de vandalismo gratuito para o qual não encontra explicação: “É incompreensível e muito triste, porque em causa está a destruição de património de Vizela”.

Tratando-se de um espaço aberto e ao qual muitos acedem para efeitos de estacionamento, o empresário diz ser muito difícil evitar que tais atos se repitam, apelando, por isso, ao civismo das pessoas.

Refere ainda ter ficado contente quando, em contacto com representantes da Vizelgolfe, percebeu que a associação estaria disposta a proceder à recuperação daquela área para a realização de um torneio que pudesse reavivar as memórias daquele campo emblemático na prática desta modalidade em Vizela.

Com a criação do novo campo de Minigolfe denominado, Municipal Fonseca e Castro, situado nas margens do Rio Vizela, o velho campo deixou de estar ativo, sendo que a propósito do seu 50º aniversário que se completou em 2018 este ano, quis a Vizelgolfe fazer algo no sentido de revitalizar o espaço.

“Sei que não vai ser possível tornar-se num circuito para a disputa de provas oficiais, mas sempre podemos fazer umas brincadeiras, os nossos torneios internos. Pode-se também estar tranquilo a treinar e fazer deste campo um espaço para a formação de novos atletas”, disse, na altura, o presidente da associação, Miguel Bento. Uma situação que fica agora prejudicada pelos atos de vandalismo perpetrados neste recinto, que em 1970 recebeu o I Campeonato Nacional de Minigolfe.