Obras no campo da Vizelgolfe iniciam-se nos próximos dias

60
Obras-Vizelgolfe

A garantia é dada pelo presidente da Câmara Municipal de Vizela.

Em entrevista à Rádio Vizela, Miguel Bento, presidente da direção da Vizelgofe, lamentou as condições em que se encontram as pistas, referindo que as mesmas têm interferido com os treinos dos atletas vizelenses.

O assunto foi abordado na terça-feira por Fátima Andrade. A vereadora solicitou ao executivo de Victor Hugo Salgado que dê início o mais brevemente possível às obras necessárias no recinto da Vizegolfe, para estar nas melhores condições para receber as próximas provas, uma delas agendada para setembro.

Segundo Fátima Andrade “as pistas estão num estado lastimável”, o que já originou que vários “atletas têm preterido este campo para irem para o Porto e outros campos, deixando de aqui jogar”.

O autarca aproveitou ainda para lembrar as inundações que no passado afetaram este espaço de Minigolfe. “Para corrigir aquela situação, a Câmara Municipla de Vizela procedeu a uma intervenção no valor de 10 mil euros. No entanto, passados alguns meses, as pistas encontravam-se novamente degradadas, isto porque a empresa contratada não teria capacidade para a execução daquela obra e também porque a mesma foi realizada com condições climatéricas inadequadas”, explicou Victor Hugo Salgado.

As condições climatéricas voltaram ainda a ser tema para assegurar que o atual Executivo ainda não interviu no local – obra avaliada em 15 mil euros – pois o tempo ainda não o permitiu. “Não basta não chover, as pistas têm de estar bem secas. Caso contrário, voltarão a degradar-se”, justificou Victor Hugo Salgado.

No final, em declarações à Rádio Vizela, o presidente da Câmara Municipal de Vizela referiu que a intervenção irá iniciar-se ainda no mês de julho e que a mesma representará agora custos para a autarquia, porque o anterior Executivo, apesar de alertado pela direção da Vizelgolfe ainda a tempo de acionar a garantia da obra, não atuou sobre a empresa responsável.